Tudo junto ao mesmo tempo!

quarta-feira, janeiro 31, 2007

Coração despedaçado

Bom, além de burro (o que foi confirmado há pouco), o meu coração está despedaçado. Já tratei de remendá-lo, mas sabem como é, demora para cicatrizar. Eu espero que cicatrize logo, não demore o tanto de tempo que levou da última vez em que eu me apaixonei. Agora as circunstâncias são bem diferentes. Eu levei um fora de verdade. Eu li um não. Eu li um eu gosto de ti como amiga. Eu já esperava por isso, mas ainda tinha um restinho de esperança de que ele pudesse gostar de mim como mulher. Fazer o quê. Não podemos ter tudo na vida, ainda mais quando o ter envolve a vontade de outra pessoa. O jeito é tocar o baile. Existem duas opções: ou eu fico triste e chorando, ou eu fico alegre e conformada. Eu escolho a segunda. Se a idéia dele era aumentar a minha auto-estima, pois bem, irá provar do seu próprio remédio. Ele não me merece. Não merece que nenhuma lágrima seja derramada. E, um dia, ele vai se arrepender de não ter me dado a oportunidade me mostrar por inteiro. Ele vai dizer: ela poderia ter sido minha, mas eu disse NÃO.

1 Comments:

  • At 10:02 PM, Anonymous  said…

    Mas tudo passa... tudo passará...e nada fica... nada ficará... dá-lhe Cauby!!!

     

Postar um comentário

<< Home